segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Brasileirão 2016: Flamengo 2 x 1 Cruzeiro


Contra a Ponte Preta, Fernandinho fez o gol aos 44 minutos do segundo tempo. Neste domingo foi a vez de Mancuello garantir os três pontos ao marcar aos 43 minutos do segundo tempo, na emocionante vitória contra o Cruzeiro por 2 x 1.

E tudo isso dentro do Kleber Andrade, em Cariacica, no Espírito Santo.

Com o resultado o Flamengo chegou aos 53 pontos e segue na cola do Palmeiras, que lidera com 54 pontos.

E segue 100% jogando em terras capixabas. Além da melhor campanha como visitante, agora tem a quarta melhor campanha como mandante.

É extraordinário para um time que não pode jogar em sua cidade por falta de estádio.

Novamente, diante da pressão de não perder pontos após a vitória do líder no sábado, e diante de uma situação adversa, contra uma equipe que mesmo na zona do rebaixamento fez um belo jogo, o Flamengo conseguiu mais uma virada neste campeonato.

Lembrando que no ano passado o Rubro Negro venceu apenas um jogo após sair atrás do placar: contra o São Paulo por 2 x 1.

Hoje é uma equipe mais confiante, que não se abala com as situações de tensão e que sempre acredita na vitória, até o final. E mesmo com a maratona de viagens conseguiu o empate aos 38 minutos da segunda etapa e a virada aos 43.

Após o gol do Cruzeiro, coube ao Rever tirar a bola da rede e chutar para o meio de campo. Não houve desespero. É uma equipe fria: Ábila, que vinha fazendo praticamente um gol por jogo, perdeu dois gols incríveis contra o Atlético Mineiro e ontem voltou a perder suas chances na pequena área. Mesmo assim o Flamengo demonstrou tranquilidade para sair da defesa para o ataque, começando e terminando com finalização precisa do Mancuello, antes passando pelos dois meias: Diego e Allan Patrick para fazer 2 x 1.

Foi uma vitória de campeão porque o Flamengo não repetiu as boas atuações dos jogos contra o Palmeiras e Figueirense. E o pior: mesmo conseguindo os gols nos minutos finais, sinalizou que o cansaço pode ser um dos problemas nesta reta final de um time que viaja a cada rodada. Por isso é importante saber dosar o elenco entre Sul-Americana e Brasileiro.

Zé Ricardo novamente usou o banco a seu favor. Allan Patrick para 30 minutos foi perfeito e distribuiu duas assistências. Entretanto, fica evidente que a defesa ficou fragilidade com Arão, Mancuello, Diego e Allan Patrick.

Poderia ter invertido a entrada do Allan Patrick no lugar do Gabriel e por último o Márcio Araújo sendo sacado para a entrada do Mancuello. Mas foi inegável a gana pela vitória do treinador.

Grande atuação do Muralha que, após a convocação para a seleção, fez ótimo jogo contra o Palestino e agora contra o Cruzeiro. Vive sua melhor fase.

Muito bom ver o Jorge voltando a jogar bola.

Diego fez seu sétimo jogo pelo Rubro Negro e conseguiu e distribuiu o maior número de passes certos: 77 e dominou o meio de campo, conforme mapa de calor do Footstas:


quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Sul-Americana 2016: Palestino 0 x 1 Flamengo


No primeiro duelo internacional do técnico Zé Ricardo, o Flamengo derrotou o Palestino do Chile, fora de casa, por 1 x 0 e agora precisa apenas de um empate no jogo de volta, na próxima quarta-feira em Cariacica / ES.

Garantindo a vaga, o Rubro Negro poderá enfrentar o San Lorenzo pelas quartas de final da Sul-Americana.

Desta vez a comissão técnica não escalou uma equipe completamente reserva - principalmente goleiro e zaga. Armou uma escalação mista poupando Rever, Pará, Arão, Diego, Éverton e Gabriel, além do Damião machucado

Em campo tinha dois volantes, dois meias e dois atacantes, mas o que foi visto: Mancuello e Márcio Araújo de volantes, Cuellar pela direita, Allan Patrick pelo meio, Fernandinho pela esquerda e Guerrero saindo bem da área para participar mais do jogo.

Pela direita com Rodinei e Cuellar nada funcionou. Pela esquerda com Fernandinho e Jorge infernizaram a zaga chilena no começo da partida, mas depois o Palestino começou a trocar passes e o Flamengo se posicionou atrás da linha de meio de campo. Mesmo assim Fernandinho ainda meteu uma bola na trave.

Se a equipe não sofria perigo, também no ataque não conseguia criar grandes coisas. Dentro desta mesma escalação, Zé Ricardo poderia ter instruído o recuo do Cuellar e colocar o Mancuello mais perto do Allan Patrick e Guerrero.

Entretanto, o que o Zé toca vira ouro. Émerson que estava no ostracismo entrou e fez o gol da vitória, após trombada do Guerrero dentro da área.

O mais interessante: não troca por trocar - pediu pro Émerson se posicionar no meio, atrás do Guerrero e o Allan Patrick cair pela esquerda, como vinha jogando nos últimos três jogos. E o gol saiu assim.

Agora o foco é Brasileirão. Ingressos contra o Cruzeiro já encerrados. Vamos Mengão!

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Análise tática: mapa da troca de passes e domínio

Análise do site @11tegen11 revela o mapa de passes e o posicionamento dos jogadores dentro de campo.

Desta vez não é um mapa de calor do posicionamento do atleta, mas sim uma análise sobre o rastro da bola por onde ela passa. E quanto mais o atleta participa da jogada, maior sua bolinha. E quanto mais espessa e grossa as setas, mais intensa foi a troca de passe.

Eis o gráfico do Flamengo contra o Figueirense:


Pará jogou praticamente como um ponta pela direita. Éverton e Gabriel centralizaram o jogo e afunilaram muito com Damião e Diego. E reparem também a intensa participação do Cuellar, praticamente em todos os passes. Importante também notar a bolinha espessa e praticamente do mesmo tamanho dos jogadores, que revela um jogo unânime e equilibrado.

À título de comparação, veja como o gráfico do Botafogo foi feio e mal organizado e forçou o jogo pela esquerda.

Da mesma forma o mapa do Palmeiras contra o Corinthians:


Ainda referente ao jogo do Flamengo contra o Figueirense, confira o gráfico do tamanho do domínio Rubro Negro contra a equipe catarinense:




E comparando a partida entre Flamengo x Palmeiras, confira o gráfico de domínio. Mesmo com um a menos, o Rubro Negro manteve a partida equilibrada:


Nos chutes, conforme já informado no post da partida, o Flamengo expulsou o Palmeiras de sua área.


terça-feira, 20 de setembro de 2016

Flamengo perde para equipe espanhola e fica em segundo lugar no basquete


O Flamengo perdeu para o Obradoiro, da Espanha, por 79 x 74, e terminou em segundo lugar no I Torneio Internacional de Arequipa, disputado no Peru.

Olivinha foi o cestinha com 23 pontos.

Na estreia o Rubro Negro venceu a equipe argentina do Weber Bahia por 60 x 50 e na segunda rodada venceu a Elite Sports, do Peru, por 93 x 77.

Na decisão, a equipe espanhola liderou a partida desde o começo e chegou a abrir dez pontos ainda no segundo quarto, porém o Flamengo reagiu e foi pro intervalo perdendo por 44 x 39.

A equipe da Gávea começou o quarto final avassalador, abrindo 12 x 02  e virando a partida: 67 x 66. Faltava três minutos e Olivinha matou duas bolas de três e ampliou a vantagem: 73 x 66.

Entretanto, nos minutos finais foi a ver da equipe espanhola fazer uma sequência de 13 x 1 em menos de três minutos para derrotar o atual campeão brasileiro, após uma série de ataques e erros bobos na saída de bola.

O Flamengo volta à quadra nesta quinta-feira na estreia do Campeonato Carioca de basquete contra o Macaé.

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Brasileirão 2016: Flamengo 2 x 0 Figueirense


Depois do belo jogo contra o Palmeiras o Flamengo arrumou espaço para elevar o nível de seu futebol: neste domingo o Rubro Negro fez uma das melhores atuações no campeonato brasileiro ao derrotar o Figueirense por 2 x 0 no Pacaembu lotado, e segue a um ponto da liderança.

Foi um amplo domínio. O time do Zé Ricardo chegou a ter mais de 70% de posse de bola e chutou 23 vezes ao gol. Foi uma posse de bola produtiva, de passes rápidos, pelos dois lados, e não apenas chuva de cruzamentos como se fosse a única alternativa.

O Figueirense entrou com muitos desfalques e o Flamengo tratou o adversário como deve ser: sem dar chance de respirar, os laterais abertos para abrir a defesa e pressionando a partida inteira.

Fez o primeiro gol e continuou em cima, fez o segundo e pressionava pelo terceiro, quarto, quinto. Pena o desempenho fraco dos atacantes. Guerrero precisa voltar logo. Damião é um ótimo reserva, mas a sequência de titular está quebrando o atacante.

Sem Márcio Araújo, Cuellar ganhou a chance e não decepcionou. É inegável a melhor qualidade do passe e fica evidente o crescimento do Arão quando o colombiano está em campo. Há muito tempo o Arão não apoiava e participava das principais jogadas ofensivas como nesse domingo. Quando tem alguém mais fixo e um melhor marcador ali na entrada da área, ele pode apoiar mais no ataque.

Diego é reflexo da principal força da equipe: o elenco. Se ele fosse a única estrela, o único a brilhar, o Flamengo dificilmente seria um dos líderes.

Entretanto, Diego se transformou em mais um, mas sendo peça decisiva nesta engrenagem que vem dando muito certo.

A fórmula do Zé Ricardo não muda. Ele segue com seus dois jogadores abertos, depois troca um dos pontas, entra um meia no lugar do segundo ponta e se precisar troca o atacante, ou entra um segundo meia no lugar do Diego. 

E continua rodando muito bem o elenco. Nos três últimos jogos, Allan Patrick entrou contra o Vitória, Palmeiras e Figueirense. Antes, Mancuello havia entrado contra o Grêmio, Chapecoense e Ponte Preta.

E como tem jogado o Allan Patrick, hein? Esconde a bola, valoriza o passe, desafoga o Diego como única fonte do meio de campo. Esse precisa ser seu papel.

O Flamengo segue evoluindo a cada partida e voando fisicamente. Agora tem um jogo duríssimo contra o Cruzeiro no domingo que vem, em casa. 

De qualquer forma, o clube já abriu nove pontas do quinto colocado. Rumo ao hepta!

domingo, 18 de setembro de 2016

Em nova licitação do Maracanã, consórcio que reúne o Flamengo é favorito para gerir o estádio

O governo do Rio vai divulgar em breve o novo edital de licitação para o consórcio que vai administrar o Maracanã.

Conforme já informado, os clubes desta vez poderão participar ativamente da disputa.

Em nota da coluna do Lauro Jardim em O Globo deste domingo, é informado que o consórcio que reúne o Flamengo é o grande favorito.

Confira:


sábado, 17 de setembro de 2016

Flamengo estreia com vitória em torneio amistoso de basquete


Sem Ricardo Fischer e Rafael Mineiro, o Flamengo estreou com vitória no Torneio de Arequipa de basquete, no Peru, ao derrotar os argentinos do Weber Bahia por 60 x 50.

Na preliminar o Obradoiro da Espanha venceu o Elite Sports por 83 x 61.

Anthony Johson da equipe Argentina foi o cestinha com 25 pontos.

Pelo Flamengo Ronald Ramon foi o destaque com 17 pontos. Olivinha anotou 12. Boa participação do João Vitor e Humberto com nove pontos cada um.

Neste sábado o confronto será contra os donos da casa, às 21h.